[Debate] Polêmica do troll "TWO"

Ir em baixo

[Debate] Polêmica do troll "TWO"

Mensagem  Luiz Feliciano em Ter 11 Out 2011 - 5:24

Bom pessoal, esse é o tema que tem movimentado as discussões políticas e militares no eBrasil atualmente, então achei interessante trazer para debate em nosso fórum.

Antes de mais nada, vamos entender o que aconteceu:

(essa é a minha visão, caso alguém discorde por favor nos fale a sua)


Se observarem com atenção as discussões nos jornais da época em que o eBrasil iniciou a invasão a eEspanhã, verão que essa guerra já não anima mais grande parte de nossa população, em especial aos jogadores mais velhos que já viram essa história se repetir tantas e tantas vezes (o que é preocupante, pois sem o apoio de nossos tankers é impossível complicado enfrentar a eEspenhã). Além disso, muitos ficaram putos da vida frustrados por não termos levado a guerra com a eIndonésia até o fim.

Enfim, mesmo assim invadimos a eEspanha, ganhamos a maior parte das batalhas com certa facilidade e encerramos nossa participação direta nessa guerra. Com todos os territórios espanhóis ocupados exceto sua capital, finalmente chegou o momento dos eEUA atacarem Astúrias, ataque este que infelizmente fracassou. Já ouvi comentários de que os eEUA inexplicavelmente mudaram de foco e não batalharam a sério de Astúrias em diante, mas não tenho como confirmar estes boatos, o que sabemos é que a partir dai a eEspanhã conseguiu se organizar junto a seus aliados e começou a recuperar terreno.

Com os eEUA começando a ser varrido da Ibéria e o eBrasil "enjoado" de bater na eEspanhã, surge para nós uma proposta muito interessante. a eCroácia (também cansada da mesma rotina lá nos Bálcãs) queria se juntar a festa (não posso entrar em mais detalhes sobre o porque). Para nós foi perfeito, eles entrariam, e nós ficamos livres para brincar com "brinquedos" novos. Mas para eles entrarem, antes de tudo precisávamos lhes liberar o caminho, então começamos a nos preparar para devolver os territórios.

Nesse momento, alguém teve a idéia de lançar um "troll" na eEspanhã. Já que eles não esperavam pela chegada da eCroácia, a idéia era tentar causar alguma confusão dentro da ONE lançando a falsa notícia de que a eEspanhã os haviam abandonado (afinal, sempre existem os cabeças quentes que xingam primeiro e perguntam depois). Ninguém esperava que essa brincadeira provoca-se uma briga forte o suficiente para os separar, mas não custava nada tentar os enrrolar para atrasar a entrada pelo lado certo no combate ou criar algum tipo de mal estar dentro da ONE (o que deu certo, pois em BI e em parte da batalha de VC, vimos muitos espanhóis batendo junto conosco pela eEspanhã).

O grande porém da questão é que essa 'trollagem' acabou tendo dois gumes, e muitos brasileiros também ficaram confusos sobre o que estava acontecendo.As coisas só continuaram a se complicar depois disso, com casos de brasileiros revoltados protestando contra a forma "fechada" de como tudo foi decidido e até um caso de traição, onde um cidadão insatisfeito confessou ter entregue nossos planos para um congressista espanhol, fato este que resultou em um julgamento e condenação deste jogador ao Ostracismo Social no fórum do eBrasil.

---------------------------------------------

E essa é a história, agora vamos analisá-la.

Antes de entrar no mérito da questão gostaria de deixar um conselho, útil principalmente aos novatos no jogo, para os ajudar a desvendar quais notícias são verdadeiras ou não daqui para frente:

- É impossível que aconteça algo importante em relação ao governo do eBrasil sem que seja noticiado nos jornais oficiais. Muitos jogadores retrucaram dizendo que era o mesmo ler o jornal de nosso General-de-Exército (Aritex), mas muito se enganam. Não importa a importância ou influência da pessoa, seu jornal pessoal continua sendo apenas pessoal, portanto como a notícia não saiu em um jornal oficial significa que ela não existe!

Para os ajudar, deixarei a seguir os links dos jornais oficiais do governo:


[MdC] Diário Oficial do eBrasil
[MdE] Diário Educativo
[MD] Forças Armadas do eBrasil
[MoFA] Voice of BRAZIL
[AS] Ajuda aos Iniciantes
[MF] Ministério da Fazenda
[BRNUK] BabyNuke Brasil
(algumas divisões do exército também possuem jornal, mas esses não são importantes)

Uma coisa que gostaria de ressaltar é que não foi o governo que mobilizou esta 'trollagem', e ele não tem a obrigação de desmenti-la. Como falei anteriormente, só o fato da notícia não ter sido publicada em um jornal oficial já é o suficiente para identificar sua falsidade.

Bom, agora voltemos ao X da questão: É certo manter parte da população 'as escuras' quanto aos detalhes do planejamento militar? A população tem o dever de seguir o planejamento elaborado pelo governo, sem direito a opinar?


É aqui que gostaria de ver seus comentários meus amigos.




Última edição por Luiz Feliciano em Ter 11 Out 2011 - 5:35, editado 1 vez(es)

_________________
5x Presidente do PIL -
Jun/Jul de 2011
Jul/Ago de 2011
Dez/Jan de 2011/2012
Fev/Mar de 2012
Abr/Mai de 2012
avatar
Luiz Feliciano

Mensagens : 665
Pontos : 874
Reputação : 53
Data de inscrição : 05/05/2011
Idade : 26
Localização : São Gonçalo - RJ

Profile Info
Party: PIL

Ver perfil do usuário http://www.erepublik.com/pt/citizen/profile/4624527

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Debate] Polêmica do troll "TWO"

Mensagem  Luiz Feliciano em Ter 11 Out 2011 - 5:33

Em minha opinião, a forma de como o planejamento é conduzido não é errada. Quanto mais pessoas estão envolvidas no planejamento, mais lento as decisões se tornam, o que pode ser extremamente prejudicial em tempos de guerra. Fora isso, ainda tem o problema da segurança da informação, pois não importa o quão previsível ou simples as manobras militares podem ser nesse jogo, nem por isso é motivo para deixar nossos inimigos conseguirem essas informações de 'mão beijada'.

Então, como nós podemos participar das decisões militares? Em dois momentos, escolhendo bem em quem votar (principalmente presidentes, é a opinião desta pessoa a mais determinante para definir os rumos do país) e comentando nos jornais e no fórum do eBrasil (a vontade da maioria sempre pesa na hora de elaborar o planejamento, afinal o governo não irá tomar uma atitude se souber que esta não é apoiado pela população).

Quer dizer que fora isso, devemos ficar calados e obedecer? Não digo obedecer, devemos no mínimo respeitar, afinal uma decisão tomada por um governo eleito democraticamente reflete a vontade do povo que o elegeu. Já houve casos de jogadores se absterem de lutar por não concordarem com as atitudes do país, isso não os faz maus cidadãos, muito menos traídores. Agora, entendam, protestar ou se abster de lutar é uma coisa, lutar contra os interesses do país é completamente diferente, o que dirá entrar em contato com o inimigo e lhes passar informações apenas por "não gostar do plano".

Enfim, acho que com isso dá para iniciar a conversa. Smile

_________________
5x Presidente do PIL -
Jun/Jul de 2011
Jul/Ago de 2011
Dez/Jan de 2011/2012
Fev/Mar de 2012
Abr/Mai de 2012
avatar
Luiz Feliciano

Mensagens : 665
Pontos : 874
Reputação : 53
Data de inscrição : 05/05/2011
Idade : 26
Localização : São Gonçalo - RJ

Profile Info
Party: PIL

Ver perfil do usuário http://www.erepublik.com/pt/citizen/profile/4624527

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Debate] Polêmica do troll "TWO"

Mensagem  Gustav IV em Ter 11 Out 2011 - 12:43

Eu acho que certas decisões tem que ser mantidas apenas entre o governo e o exército, tanto para evitar o vazamento de informações quanto para agilizar o processo, porém há certos casos onde a população deve participar, não me lembro de algum exemplo agora mais, acho que existem vários, essa seria a minha opinião.
avatar
Gustav IV

Mensagens : 112
Pontos : 129
Reputação : 6
Data de inscrição : 30/09/2010
Idade : 22

Ver perfil do usuário http://www.erepublik.com/pt/citizen/profile/3516700

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Debate] Polêmica do troll "TWO"

Mensagem  carlos saldanha em Qua 19 Out 2011 - 20:15

Perdoem-me o tom do escrever, mas este é o melhor modo de expressar que encontrei:

Existem coisas que a massa não pode saber e deve ser mantidas em sigilo, mesmo que para isso os comandantes sejam chamados de traidores e derivados. Assim como existem segredos de Estado RL que para serem revelado, só na base do WiliLeaks, existem segredos militares que não podemos deixar vazar para a população, permitindo assim ao inimigo ter acesso aos nossos planejamentos. Tais manobras, como o do troll na eEspanha, é a ponta do iceberg para o verdadeiro objetivo, que era penetrar em outros fronts de batalha que não a América, Ibéria e Indonésia somente.

Assim, creio que sim, o Alto Comando deve ter seu sigilo quanto a planos militares de grande impacto e longo prazo, e deixar fluir a informação que deve ser divulgada. Mesmo que custe pontos de ataque ao longo das batalhas.
avatar
carlos saldanha

Mensagens : 185
Pontos : 238
Reputação : 14
Data de inscrição : 23/09/2010
Idade : 31
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário http://www.erepublik.com/en/citizen/profile/1499845

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Debate] Polêmica do troll "TWO"

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum